O QUE EU GANHO?

Conheça as vantagens e os benefícios de ser filiado ao SindJor-MS

MURAL DE EMPREGOS

Está em busca de oportunidade? Quer ser encontrado pelo empregador? Confira o nosso mural

DESCONTO EM FOLHA

É a forma mais prática de contribuir com o SindJor-MS. Saiba como

TABELA DE VALORES 2017

O SindJor-MS sugere valores que podem basear acordos entre empresas e trabalhadores

DIRETORIA

Veja quem são os membros da direção do sindicato para o triênio 2013-2016

quarta-feira, 12 de abril de 2017

SINDJOR-MS traz Rubens Valente para lançar livro sobre como ditadura tratou os índios

O SINDJOR-MS - Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul, em parceria com o curso de Jornalismo da UFMS (Universidade Federal de  Mato Grosso do Sul), realiza no dia 28 de abril de 2017 o evento “Uma conversa com Rubens Valente”, que vai marcar o lançamento em Campo Grande do livro “Os Fuzis e as Flechas:  A história de sangue e resistência indígenas na ditadura”.

O evento terá início às 20h no Anfiteatro do Curso de Arquitetura da UFMS.  O livro escrito por Rubens Valente é o segundo título da coleção Arquivos da Repressão no Brasil e traz à tona erros e omissões que levaram, por exemplo, a tragédias sanitárias durante a construção de grandes obras, como a rodovia Transamazônica, que cruzou a Amazônia de leste a oeste”.

Valente é um dos jornalistas mais respeitados no País, ganhador de prêmios importantes como o Esso. Nascido no Paraná e criado em Dourados (MS), é egresso da UFMS, com passagens por veículos locais de imprensa.

Repórter da sucursal da Folha de S.Paulo em Brasília desde 2010 trabalha diretamente com as investigações que estão balançando as estruturas de poder no Brasil. Paralelamente, nos últimos dois anos dedicou-se ao projeto paralelo de escrever seu segundo livro, depois de ter esmiuçado a Operação Satiagraha, emSIN “Operação Banqueiro”. A operação investigou os negócios do banqueiro Daniel Dantas e suas relações com o poder. 
 

Na nova produção, debruçou-se sobre a realidade dos índios brasileiros durante a Ditadura Militar, ampliando para a literatura uma cobertura que já fazia em seu dia a dia. O jornalista já fez reportagens em mais de 30 terras indígenas espalhadas pelo País, incluindo Mato Grosso do Sul. A capa de “Os fuzis as flechas” traz uma foto, estilizada, de um ícone da luta dos povos indígenas sul-mato-grossenses, Marçal de Souza, assassinado em 25 de novembro de 1983, em meio a conflito por terras que até hoje não cessou.

“Para um estado com a segunda maior população indígena e uma situação de genocídio desses povos,  consideramos  muito importante a presença do Rubens Valente para lançar esse livro  e conversar sobre o que revelou essa reportagem de grandes proporções, transformada em livro”, afirma a presidenta do SINDJOR-MS, Marta Ferreira.

“Convidamos os colegas jornalistas, os estudantes, mas também gente de outras áreas para essa conversa, que pode nos ajudar a entender um pouco melhor essa realidade e, mais que isso contribuir para uma transformação dentro do nosso espaço de atuação”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

ONDE ESTAMOS


Rua Engenheiro Roberto Mange, 37 - casa 02 - bairro Amambaí - Campo Grande/MS - CEP 79005-420
(Clique na imagem para ampliar o mapa)
Telefone: (67) 3325-5811
Atendimento: 08 às 13 horas
E-mail: sindicatojorms@gmail.com

QUEM SOMOS

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul (SindJor-MS) é uma entidade representativa da categoria em âmbito estadual, com exceção de 25 cidades localizadas na região Sul do estado, sob domínio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Grande Dourados (Sinjorgran). O SindJor-MS está registrado sob o CNPJ nº 15.570.575 0001/17

ÁREA DE ATUAÇÃO