O QUE EU GANHO?

Conheça as vantagens e os benefícios de ser filiado ao SindJor-MS

MURAL DE EMPREGOS

Está em busca de oportunidade? Quer ser encontrado pelo empregador? Confira o nosso mural

DESCONTO EM FOLHA

É a forma mais prática de contribuir com o SindJor-MS. Saiba como

TABELA DE VALORES 2017

O SindJor-MS sugere valores que podem basear acordos entre empresas e trabalhadores

DIRETORIA

Veja quem são os membros da direção do sindicato para o triênio 2013-2016

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

NOTA DE REPÚDIO


A diretoria do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul (Sindjor-MS) vem por meio deste repudiar a atitude de servidor público ao aplicar processo judicial contra o jornalista, editor-chefe do site Folha MS, Érik Silva, por ter revelado o super salário de ocupante do cargo de contador na Câmara de Vereadores de Corumbá, município distante 426 km de Campo Grande.

Baseado em dados colhidos diretamente no Portal da Transparência, o jornalista chegou à informação de que o profissional lotado no órgão Legislativo recebeu em março vencimentos de “nada mais nada menos do que R$45.769,87”. Por causa da reportagem (veja aqui), publicada em 21 de abril, o comunicador está sendo processado por calúnia, injúria e difamação.

O Sindjor-MS compreende que o jornalista não descumpriu o Código de Ética do Jornalistas Brasileiros ao dar publicidade a este fato, inclusive, honrou com o disposto no parágrafo II do artigo 6º que põe como dever do jornalista a divulgação de fatos e informações de interesse público.

Levando em conta que o jornalista se baseou em informações públicas para embasar o material, a tentativa de puni-lo e intimidá-lo põe em risco o direito de acesso à informação de relevante interesse público que, conforme o artigo 2º do Código de Ética do Jornalistas, é um direito fundamental dos profissionais, não podendo admitir que ele seja impedido por nenhum tipo de interesse, razão por que, conforme o parágrafo IV, “a prestação de informações pelas organizações públicas e privadas, incluindo as não governamentais, é uma obrigação social”.

O sindicato não admitirá que profissionais sejam intimidados e injustiçados no exercício da profissão. Por isto, a entidade se solidariza com a situação do jornalista e se coloca a disposição para dar todo apoio necessário.

A Diretoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

ONDE ESTAMOS


Rua Engenheiro Roberto Mange, 37 - casa 02 - bairro Amambaí - Campo Grande/MS - CEP 79005-420
(Clique na imagem para ampliar o mapa)
Telefone: (67) 3325-5811
Atendimento: 08 às 13 horas
E-mail: sindicatojorms@gmail.com

QUEM SOMOS

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul (SindJor-MS) é uma entidade representativa da categoria em âmbito estadual, com exceção de 25 cidades localizadas na região Sul do estado, sob domínio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Grande Dourados (Sinjorgran). O SindJor-MS está registrado sob o CNPJ nº 15.570.575 0001/17

ÁREA DE ATUAÇÃO